Amigas, lésbicas e safadinhas

Marcella Burling e Lauren Koskoff são amigas há dois anos, ambas são lésbicas e se desejam, mas é algo um pouco proibido e sigiloso, pelo fato das duas serem amigas, acham que o desejo não chega ao nível do respeito da amizade que uma tem pela outra. Ambas são totalmente desejáveis, muito bem feitas de corpo, freqüentam a academia e, sempre estão em forma. Marcella é morena, tem 19 anos, possui um enorme bumbum, seios pequenos, cabelos curtos e pretos, um piercing discreto no umbigo, com 1,60 de puro tesão. Lauren é uma loirinha de 20 anos, muito chamativa pelo seu corpo, têm seios siliconados, bumbum médio, cabelos longos e lisos, com altura de 1,63 e partes corporais muito bem tatuadas, têm um piercing no clitóris e é muito safada. Conheceram-se na faculdade de Marketing que faziam, mas as mesmas acabaram desistindo. Sem deixar a amizade ter sido enfraquecida pela falta de se verem, elas sempre manteriam contato, com visitinhas freqüentes no apartamento de ambas as partes, já que moravam sozinhas e tinham total liberdade. Certo dia, já não agüentando mais de tanto segredo que a própria Lauren guardava para si mesma – que estava afim da sua amiga Marcella – tomou certa atitude e ligou para Marcella avisando que ia lhe fazer uma visita a ela num sábado à noite. Chegando ao sábado, Marcella tinha se esquecido da visita da Lauren, então Marcella se encontrava a noite em seu quarto, sozinha e com apenas uma calcinha e uma blusa larga de mangas sem sutiã. Quando a companhia toca, Marcella vai abrir a porta naturalmente, quando se depara com Lauren totalmente arrumada e gostosa para aquela noite, ao avistar a amiga desse modo, Marcella sentiu uma atração forte pela amiga, porém convidou rapidamente para ela entrar e se desculpou por ter esquecido que ela ia visitá-la naquela noite e por ter estado com aquelas roupas, bastante a vontade. Quando Lauren entra, faz total charme e nem escuta o pedido de desculpa de Marcella, por estar totalmente vidrada no corpo super à vontade. Porém, Marcella vai em direção ao seu quarto e chama Lauren pra ficar com ela lá.

Marcella se deita na cama e fica observando Lauren, e pede para a mesma se sentar perto dela e conversarem. As duas se encontram conversando na cama da Marcella, assuntos aleatórios e inconvenientes para o momento, quando de repente Lauren se aproxima muito do rosto da Marcella e lhe rouba um beijo intenso e lento de língua, a partir daí o momento tão esperado começa a fluir de forma insana. Quando o beijo quente é encerrado entre as duas, ambas ficam se olhando profundamente e, logo em seguida Lauren tira seu sapato e fica mais à vontade tirando a própria blusa e ficando apenas de sutiã. Ao Marcella observar essa cena, acaba tirando sua própria blusa e ficando com os seios totalmente nus à vista da Lauren. As duas se encaram de modo totalmente desejável, uma pela outra. Marcella demonstra seu lado ativa e, dominando a Lauren, joga a mesma na cama de forma rápida e dominadora, ficando por cima da Lauren, Marcella começa a beijar e cheirar intensamente o pescoço e a nuca da Lauren, fazendo-a enlouquecer de excitação. Lauren começa a tirar as próprias vestes quando Marcella sai de cima dela. Ambas apenas de calcinha, começam a se beijar na boca e a apertar o seio da outra, e assim ficar apertando os biquinhos dos seios, com muito tesão, Lauren abre sua pequena bolsa que portava apenas objetos sexuais – já ciente de que poderia rolar algo entre as duas – ela tira de dentro da bolsa um strap on e dá para a Marcella colocar. Marcella coloca o strap on, mas ainda não faz nada com ele, parte para um oral gostoso na Lauren. Lauren fica deitada e bem arreganhada na cama, chupando seu próprio dedo indicador com vontade, enquanto Marcella começa a chupá-la, beijando a virilha da Lauren, em seguida ela vai passando a ponta da língua dela no grelinho de Lauren, fazendo-a delirar de tanto tesão que sentia naquela hora, depois Marcella começa a chupar com muita vontade a bucetinha da Lauren, deixando-a louca e de olhos revirados de tanto tesão fodido que ela sentia. Lauren gemia como uma puta safada, muito gostosa e, excitante gemendo, ficava implorando para Marcella chupá-la cada vez mais. Depois de um oral muito bem feito pela Marcella, ela pegava o strap e fazia a Lauren chupar ele e deixá-lo bastante lambuzado, em seguida Marcella começa a esfregar a cabeça do strap no grelo molhado e duro da Lauren, esfregando bem forte a fazia enlouquecer de tesão, como uma cachorra cheia de fogo. Em seguida Marcella, atolava toda a extensão do strap na bucetinha quente e estreita da Lauren, Marcella pirava e ficava cada vez mais afim da Lauren, ao vê-la gemer e urrar sem pudor. Marcella enfiava, num movimento vai e vem muito frenético, fazendo a Lauren suspirar e pedir mais. Marcella continuava com movimentos mais fortes e intensos, metendo na bucetinha da Lauren, e assim, começava a enfiar um dedinho no cuzinho da Lauren, deixando-a totalmente louca, dessa vez. Lauren ameaçava que iria gozar, e seus olhos já se encontravam totalmente revirados de tanto tesão. Em seguida, com a Lauren gritando e urrando que iria gozar, dessa vez gozava e gritava como costumava chamar a Marcella – Cellinha – e assim Marcella via pingos e um mel jorrar da bucetinha da Lauren, depois de gozar, a Lauren começa a sarrar no strap, que por sinal estava todo lambuzado e molhado pela buceta da Lauren, enquanto Marcella enfiava dois dedos no seu cuzinho, totalmente safada com a situação, Lauren permanecia com uma cara de cachorrinha safada, olhando para Marcella. Marcella suspirando de tanto tesão que sentia em poder ter comido a Lauren, puxava ela pelos cabelos e a fazia ela dar inicio a um boquete no strap. Marcella gemia e falava: – Lau, sua cachorra! Chupa, mama no cacete vai, sua puta! – Lauren já louca como uma vadiazinha escrota, caia de boca no strap e começava a lamber seu próprio melzinho, Marcella se sentia satisfeita e Lauren também. Marcella já sem strap, deitada na cama e, Lauren se sentava em cima dela, Marcella começava a lamber e a mamar nos seios siliconados e gostosos da Lauren, depois se beijavam e ficavam chupando com vontade uma a língua da outra. No fim de tudo, já exaustas, ambas sorria uma para a outra, muitíssimo satisfeitas. Acabaram dormindo juntas, apenas de calcinhas, na mesma cama, bem agarradinhas.