Deixei meu chefe esfregar na minha bunda e não aguentei

Meu nome é Camila tenho 23 anos e tudo aconteceu quando eu tinha acabado de completar 19 anos, sou branca, cabelos castanhos bem claros, quase louros, olhos castanho claro e um corpo muito bonito, pelo menos todos dizem. Eu na época era estagiária em uma empresa e o meu chefe chamava Marcos, era uma pessoa muito legal, inclusive foi ele quem me ensinou todo o serviço, ficamos muito amigos, pois ele tem uma filha um ano mais nova que eu e que mora com a mãe dela em outra cidade, pois ele tinha na época 34 anos e essa filha foi fruto de um namoro quando ele tinha uns 19 anos. No início era um relacionamento de colegas de empresa mas depois de um certo tempo fomos criando uma amizade muito bonita, até trocávamos DVDs e CD’s , acho que ele se apegou a mim por lembrar da filha, pois ela era até um pouco parecida comigo, principalmente na altura 1,70 mts.

Teve um dia, véspera de um feriado prolongado, eu tinha que protocolar alguns documentos no forum e estava chovendo muito e o Marcos que estava de saída falou que me levaria até lá. Fomos até o forum e na volta ele falou que iria no dia seguinte visitar a filha e que tinha comprado várias roupas para ela e que estava morrendo de saudades. Ao passar em frente da sua casa ele parou e disse que precisava pegar um talão de cheques lá dentro e falou para mim entrar pois não queria me deixar dentro do carro com as janelas fechadas por causa da chuva. Na hora fiquei com receio de entrar, mas ele falou tão calmo que acabei entrando com ele. Estava na sala aguardando quando ele me chamou até o quarto para mostrar as roupas que tinha comprado para a sua filha, e eu fui olhando e admirando, pois eram roupas muitos bonitas, tinha blusas, vestidos, algumas saias e até um biquíni, mas eu disse que algumas peças me pareciam pequenas e que poderia não servir nela. Ele ficou olhando e concordou comigo e ai me pediu se poderia experimentá-las, pois o meu manequim era praticamente idêntico ao dela…

Eu na hora falei que não, que não ficaria bem, pois estávamos apenas os dois ali e eu não usava algumas daquelas roupas… (Naquela época frequentava por exigência dos meus pais uma igreja evangélica e sá usava saias) … ele falou que não me olharia e que era apenas para experimentar e dizer qual serviu e qual ficou larga ou apertada… eu acabei cedendo e ele saiu do quarto e encostou a porta e ficou no corredor me perguntando se tinha ou não servido e eu ia experimentando as roupas, até que coloquei um shortinho que ficou bem apertado, entrando bastante no meu bumbum, fiquei me olhando num grande espelho que tinha na parede e naquela hora eu estava apenas com o short e de sutien… fiquei completamente vermelha ao me olhar, eu tava constrangida e ao mesmo tempo excitada em me ver daquele jeito.

Continue lendo “Deixei meu chefe esfregar na minha bunda e não aguentei”

Amiga da minha esposa

Ola meu nome ´Fabio ( Ficticio ), tenho 39 anos,loiro, olhos verdes Prof. de Ed. Fisica, sou casado com uma bela morena de 32 anos.A Bel ( Ficticio ) tem uma amiga Sandra que é um tesão de mulher casada, com Marcos e a amizade delas deu inicio com a das filhas na escola. Fomos convidados por um outro casal em comun para um aniversario em um Sitio em Itú – SP, este seria no domingo porem os mais chegados foram convidados a ir no sabado para uma noite de bebidas e churrasco.Estavamos em aproximadamente uns 10 casais e mais alguns amigos e amigas.O forró a cerveja e o churrasco comia solto, e amulherada de biquini na beira da piscina éra uma tentação principalmente a Sandra que tem um senhor rabão é uma delicia de mulher, e as vezes me olhava com um olhar malicioso e tentador.La pelas 2 horas da manha algunhas pessoas começaram a se recolher para dormir inclusive minha esposa, as minhas filhas ja dormiam a muito tempo, ficaram apenas 3 casais e mais uma senhorita e mais dois senhoritos,o Marcos marido da Sandra estava meio alto misturou tudo cachaça,cerveja, caipirinha, e foi dormir quase que carregado, a Sandra ficou sozinha, e eu começei a adimira-la mais explicitamente e ela tambem, a certa altura fui buscar uma cerveja e ela foi atras, na cozinha me perguntou se eu a achava sexy, disse que muito, e ela me perguntou se eu não estava mentindo disse que não, e ela disse que seu marido tinha perdido o tesão por ela e que á 3 meses não a procurava e que estava carente, falei para ela que poderia resolver este problema e éla dando uma de ingênua perguntou como, falei que a hora que todos fossem dormir inclusive nós( iamos só fingir ), iriamos nos encontrar em um local do sitio bem escondidinho, ela topou. Me certifiquei que a Bel estava mesmo dormindo, e estava mesmo pois quando bebe apaga.Me encontrei com a Sandra em um local bem reservado éla disse que todos estavam dormindo e que seu marido tinha desmaiado.Não resisti a beijei gostoso, dando leves mordidinhas em seu pescoço e nuca arrancando suspiros dela, ela não controlando o tesão e o medo pediu para eu colocar logo, dizendo enfia este pinto na minha buçeta meu macho gostoso, a aclmei beijando-a e chupando seus peitos e descendo até sua buçetinha ensopada dei varias chupadas e mordidinhas em seu grelinho, ela gozou gostoso e quase gritou, mas se controlou e ao se recuperar me chupou gostoso, não aguentando o tesão e com medo tambem, a coloquei de costas e a penetrei forte e metia gostoso ora bem forte ora bem fraco, até que não aquentando mais ela gozou e em seguida eu tambem, foi tanta porra que vazou muito da sua buçeta.Fomos dormir e no outro dia fingiamos que nada tinha acontecido, mas o tesão é grande por ela e espero a proxima oportunidade para de novo come-la gostoso.

Sexo no banheiro da boate

Bom, certa vez marquei de ir a uma boate com umas amigas, que por sinal estavam bastante animadas. Chegando lá, percebemos que a boate estava muito lotada, mas assim não desistimos de entrar. E quando entramos avistamos bastante gente bonita e gostosa, dançando, além do sorriso no rosto com um corpo de bebida alcoólica, que começava a deixar todos animados e quase fora de si. Eu e minhas amigas pedimos imediatamente um bom Whisky, na medida que íamos bebendo e conversando, começávamos a nos soltar ao som da música que tomava conta do nosso corpo naquele momento. Depois de muita conversa com as amigas, eu avistei um homem com um corpo escultural, lindo e muito gostoso, eu dei logo inicio a uma certa troca de olhares com ele, fiz ele perceber que eu poderia oferecer algo à ele naquela noite. Quando acabei me distraindo, despercebidamente ele se aproximou de mim, nos conhecemos rapidamente, dai então ele começa a beijar meu pescoço, e eu começando a ficar louca com aqueles beijos arrepiantes. Em seguida, sem avisar as minhas amigas, eu puxo a mão dele e vou em direção ao banheiro da boate, entro no banheiro com ele, numa cabine pequena e apertada, começo a beijar a boca dele loucamente, puxando os cabelos dele, depois ele me pega de jeito e começa a apertar meus seios, e vai descendo a mão alisando a minha barriga, eu levanto meu vestido, e mostro minha bct pra ele, ele coloca dois dedos dele pra eu chupar e em seguida ele enfia dentro da minha bctinha, eu começo a gemer abafadamente, bem gostoso.

Continue lendo “Sexo no banheiro da boate”

Fodendo a secretária

Maria Calloni, 20 anos, é uma mulher muito atraente, consegue enfeitiçar visualmente as pessoas que a rodeiam. Mulher de um corpo magnifico, de pele morena e físico robusto. Maria ocupa o cargo de secretária numa microempresa de sorvetes. O chefe de Maria, agora entra na nossa imaginação. O chefe que se chama Ian Miles com 30 anos de idade é um homem bastante atencioso que costuma chamar total atenção das pessoas por seu corpo malhado e definido, o charme que dispõe é estar vestido socialmente no ambiente profissional. Maria, uma mulher observadora sob as ações do seu chefe, fazia o seu trabalho e nunca teve algo a mais com o chefe. Ian sempre foi um bom profissional, porém ocultava o seu desejo por secretárias.

Continue lendo “Fodendo a secretária”