Dei para o meu dentista

Olá, Me chamo Ana (nome falso), tenho 20 anos, 1e60 de altura e seios enormes..

Uso aparelho ortodôntico a mais de três anos e de uns meses para cá vinha observando (com malícia claro) para o meu dentista, que é super charmoso e simpático. Até que um dia nos encontramos em um show, papo vai e vem, rolou alguns beijinhos. Dai resolvemos sai do local do show pra ficarmos maia a vontade, fomos para uma chácara que ficava bem próximo.

Chegando lá digo que quero ir ao banheiro enquanto ele pegava a cerveja, e fui, na volta só sinto um braço me puxando e pressionando-me contra a parede sem chances que eu dissesse nada. E foi me tomando com um beijo arrepiante e muito excitante.. Despertando ainda mais o fogo que tinha guardado pra ele. Nisso, me beijava e começava a acariciar meus seios por cima da blusa, fazendo provocações no meu ouvido. E assim as preliminares continuaram, mas não houve tranza por eu está mestria da no dia.

Sempre quando ia fazer minha manutenção em sua clínica rolava aquele clima e as palavras ditas com segundas intenções. Até que em um sábado ele me mandou uma mensagem me chamando pra ir tomar uma cervejinha com ele, e eu, claro, topei na hora. Pois uma blusa transparente e uma saia bastante curta (na intenção pois já sabia onde iria terminar a cervejinha).

As onzes me pegou e fomos ao um barzinho, entre uns goles e outros, beijos e maos bobas, resolvemos ir para o carro. Onde o clima esquentou de vez, me calou com um beijo caloroso com direito a mão na nuca e a outra explorando meu corpo.. E tudo aquilo me deixava louca de tesão e minha calcinha bastante molhadinha. Náo aguentei e chamei pra ir pra um motel.

Lá, sem prazo, já foi mordiscando meus seios por cima da blusa, arrancando gemidos.. Ai, que delícia, chupa gostoso vai. Até que sem perder tempo arrancou minha blusa e me jogou em cima da cama, mama do meus seios e me deixando louca de tesão. Pedia que chupas se, mordesse, e ele sem exitar fazendo tudo que pedia. Em seguida abriu o zíper da minha saia, me deixando apenas de calcinha e começa acariciar minha buceta, aumentando mais ainda minha vontade de dá pra ele.

Agora foi a vez dele, subi cima dele, entre rebola dos e beijos sento seu membro duro feito preta por dentro da calça, não aguentei e tirei sua calça e cueca e me deparei um pau extremamente grosso me enchendo de tesão e agua na boca. Não me conti e cai de boca. Chupei muito aquele pau gostoso, deixando o louco de tesão, chupava, lambia, engolia tudo.. Já não aguentando mais pedi pra que ele metesse forte em mim e fez. Foi pra cima de mim e meteu tudo, com força. E eu gemi alto, pedindo mais. Naquela noite eu era sua putinha, que ele podiae fuder de todo jeito.

Ele metendo, e eu entre gemidos pedia mais. Nossa, como ele fode gostoso (ai). Mudamos de posição e ele metendo, aquele pica grossa me abrindo toda, até que gozam os juntos. Descansamos um pouco, e começamos de novo, de quatro, de lado, em pé, na cadeira. Ele me fudeu bem e gostoso. E hoje eu sou sua paciente putinha rs .