Fodendo a secretária

Maria Calloni, 20 anos, é uma mulher muito atraente, consegue enfeitiçar visualmente as pessoas que a rodeiam. Mulher de um corpo magnifico, de pele morena e físico robusto. Maria ocupa o cargo de secretária numa microempresa de sorvetes. O chefe de Maria, agora entra na nossa imaginação. O chefe que se chama Ian Miles com 30 anos de idade é um homem bastante atencioso que costuma chamar total atenção das pessoas por seu corpo malhado e definido, o charme que dispõe é estar vestido socialmente no ambiente profissional. Maria, uma mulher observadora sob as ações do seu chefe, fazia o seu trabalho e nunca teve algo a mais com o chefe. Ian sempre foi um bom profissional, porém ocultava o seu desejo por secretárias.

Certo dia, Maria havia terminado seu trabalho naquele dia, já era fim de tarde, a maioria dos funcionários já haviam largado e Ian ainda se encontrava naquele recinto. Os dois ficavam calados, enquanto Maria guardava a papelada, Ian ficava sentado observando os movimentos da secretária. Ian teve petulância. Maria começava a olhar de uma forma atrevida para seu chefe, porém não ia avante pois era uma simples secretária. O chefe decidiu se aproximar de sua secretária gostosa, tentava trocar uma ideia para não afugentar a mesma. Maria não perdia a oportunidade e se submetia-se a troca de carinhos com o chefe. Após a troca de carinhos, as mãos acariciavam ambos os corpos quentes, a pele e o pelo arrepiavam-se de movimentos intensos e cheio de vontades. O casal esquecia os problemas e mergulhavam num sonho quase-realizado, transar naquele âmbito. Ian com sua pegada infalível, domava a gostosa pelos cabelos, jogava a mesma na poltrona vaga que estava naquela sala, ordenava que a mesma se despisse para ele. Enquanto Maria ficava totalmente nua, Ian tirava suas vestes sociais e colocava seu cacete para fora, deixando-o bastante exibido. Maria começava a masturbar a si própria e olhava atraentemente para seu chefezinho. Ian ficava com o cacete duro e molhado, louco de tesão. Ele também batia uma punheta enquanto admirava aquela mulher deliciosa se tocar. Após esse intenso momento, os dois não aguentavam esperar mais nem um segundo e se pegavam. Maria se posicionava no sofá, exibindo toda sua raba e Ian tinha visão de todo o cuzinho de sua secretária, o mesmo cuspia nas nádegas e batia forte, muito molhado, o mesmo adentrava sua caceta naquele buraquinho guloso e apertado. O chefe estava louco, fazendo movimentos circulares, de vai e vem, onde tentava e se esforçava para enfiar e atolar a extensão do seu pau grosso e grande no cu daquela gostosa. Maria era uma boa mulher, gemia para o seu chefe-parceiro, toda manhosa, o tom dos seus gemidos era muito excitante, deixava Ian mais louco de prazer, era de revirar os olhos e de fazer o sangue esquentar de tanta excitação. As estocadas permaneciam intensas, a mulherzinha já sentia dor, pois o pau esfolava o anel do seu cuzinho de tão estreito que era. Ian fodia aquele cu de uma forma primordial. Depois de foder com gosto aquela rabeta deliciosa, a mesma mudava de posição e ficava de pernas bem abertas para o macho sedento e o mesmo não perdia tempo atolava dois dedos na bucetinha dela e massageava o grelo, sentindo o quanto ela estava úmida. Sem mais delongas, o chefe tirava sua mão da bucetinha dela e enfiava sem dó o seu caralho ainda duro de tesão, estocava muito forte, comia a secretária com muita vontade. Maria ainda gemia sem parar, com gemidos manhosos e excitantes. Muito putinha, deixava o chefezinho louco. O sexo era intenso, os dois entravam em êxtase de tanto foder. Ian acariciava os seios de Maria, enquanto comia a bucetinha da mesma bem gostoso. Ambos estavam loucos de prazer. Maria beijava Ian, era um beijo intenso e duradouro. Maria gozava deliberadamente, enquanto Ian anunciava o seu gozo, gemia e caia no deleite de gozar, gozava na região dos seios de Maria, em seguida ele lambia o seu próprio gozo e beijava-a a parceira na boca, onde a mesma sentia todo o gostinho suave do gozo de seu chefe, vulgo Ian. Após a transa ela sorria abertamente e Ian dava tapas fortes na raba de sua secretária. Os dois colocavam suas respectivas vestes e finalmente iam para suas casas após aquela transa cheia de fetiche.